quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Biografia



Nasci no dia em que ela me beijou, morri no dia em que me abandonou e vivi o tempo que me amou.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Fez-me lembrar a resposta de Florentino Ariza, à pergunta do comandante do barco, quando navegava para trás e para a frente, com a sua amada Fermina...
      Amor bonito e eterno, esse...Lembra-se?

      :)

      Eliminar
    2. Agora, lembro.
      Boa tarde,
      Outro Ente

      Eliminar
    3. -Y hasta cuándo cree usted que podemos seguir
      en este ir y venir del carajo? - le preguntó.

      -Florentino Ariza tenía la respuesta preparada
      Desde hacia cincuenta tres años, siete meses
      y once dias com sus noches.
      - Toda la vida - repondió

      Bom dia, Outro Ente!!

      Eliminar
  2. Tão drásticos que eram - a verdade é que, ainda hoje, deliciam quem os vê.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Noname pensa que somos menos violentos na paixão?
      Creio que não.
      Boa tarde,
      Outro Ente

      Eliminar
  3. Bela biografia, mas às vezes temos mais que uma vida, ou antes ela dá-nos mais do que um amor.
    ~CC~

    ResponderEliminar