quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Retrato de mulher

(Miró @Art Institute of Chicago)

13 comentários:

  1. Mas este não dava aquele impacto "Chique a valer, lá diria o Dâmaso" :DDDDDDDDDDD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doce Palmier,
      Os Dâmasos são cobardes mesquinhos cujo único interesse na vida é ser "chic a valer". Se é para falarmos de Eça, teremos de começar por proclamar "Abaixo os heróis!". E, logo depois, virar as costas ao romantismo (e ao seu pretensioso Goya de rendas e laços fru-fru). Afinal, nas palavras do autor: “O Realismo é uma reação contra o Romantismo: o Romantismo era a apoteose do sentimento: - o Realismo é a anatomia do caráter. É a crítica do homem. É a arte que nos pinta a nossos próprios olhos – para condenar o que houver de mau na nossa sociedade”.
      Bem, de qualquer forma a proposta mantém-se. Até porque, não duvide, com esta peça de "boas-vindas", as visitas dirão o que quiser que digam.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Mas, Outro Ente, é exactamente por ser por demais pretensioso que a ideia é maravilhosa! Quão ridículo pode ser uma pessoa fazer-se retratar daquela forma nos dias que correm? É um nonsense excelente! Por Deus, não me convençam do contrário! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  2. Respostas
    1. tira o chapéu dos olhos e olha-te no espelho. com olhos de ver.

      Eliminar
    2. já olhei, não pode ser, ela tem um olho de cada cor.

      Eliminar
    3. Querida Teresa Borges do Canto,
      Esta brincadeira vem a propósito da minha doce Palmier, que se fez retratar de Alba do Cadaval em modo noivinha de Sto António. Não retrata nenhuma das minhas meninas disto dos blogs, a quem só conheço virtudes. Já as outras...
      Trata-se, evidentemente, da tal arte que temos, para não morrer da verdade.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    4. Caro Anónimo,
      Muito embora a arte de Miró não obedeça às regras da abstração pura, o seu estilo é marcado por uma não-objetividade. Com a sua arte, Miró desmantela conceitos tradicionais e afirma-se como um surrealista.
      Assim, como vê, não há retratos nem espelhos, apenas ímpeto criador de novas formas relacionais... e, neste caso, sem chapéu nem carapuça.
      Boa tarde,
      Outro Ente.

      Eliminar
  3. A modelo tinha acordado de mau humor.
    (adoro Miró. bem, eu e mais uns milhões de pessoas)

    Beijos, caro Ente, e boa tarde. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Eu,
      Miró tem inúmeras pinturas de mulheres. Esta é apenas uma das suas facetas. E, lá que está bem apanhada...
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  4. Surreal. Constato que aqueles quatro cabelos obedecem a uma ordem que seria impossível de obter no cabelo mais falado da blogo.
    Sempre grande, caro Outro Ente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Be,
      Qualquer ordem seria arbitrária. O cabelo não faz a mulher, assim como a roupa não faz o homem. Ou será o contrário?
      Beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar