quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O minueto de Boccherini

Eu teria dezasseis anos e ela pouco mais. Era a sobrinha do homem dos toldos e fazia os meus sonhos de Agosto. Portento de juventude e deusa. Corpo de eloquência profana e gesto de sensualidade. Cobiçava-lhe os olhares com o prazer ingénuo de a olhar. Como Régio, morava no longe e na miragem. E também no perto e na voragem. Reclamava-lhe as respostas no silêncio dos lábios. Ardia na urgência da catarse que habita a pele e nos invade por dentro. Ela era a sucursal existencial das ninfas.
Este Agosto, tornei aos toldos do Senhor Firmino... Pim!

13 comentários:

  1. A deusa tinha-se tornado num humana bem menos atraente? Ou continuava deusa? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Eu,
      Apenas o devoto perdeu a fé.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  2. Não se fabricam deuses como os dos dezasseis anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Cuca, a Pirata,
      São "deusas como as dos dezasseis anos" que já não se fabricam. Graças aos deuses. Brindemos!
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  3. Rebentou a bolha. O sonho tornou-se numa dura realidade!

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. ... em esganiçado sofrimento.
      Bom dia querida Ava!
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  5. Querido Outro Ente, tenho a certeza de que nessa altura não usava os termos "Deusa" ou "ninfa". Deixe-se de histórias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mais Picante,
      Apaixonei-me sempre por mulheres divinas que encarnavam o desafio permanente. Ardentemente. Como deve ser. Conto as histórias em palavras avisadas, próprias de séniores. Como deve ser.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  6. xi, não se faz isso à fantasia dum homem.
    Nem dormiu aposto, com os sonhos dilacerados.
    Ab
    Misha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem queira saber. Tratei logo de saltar para outra. Felizmente, tenho muitas fantasias.
      Abraço,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. "Always look to the bright side of the life" já cantavam os Monty P.
      imagino meu caro, imagino
      Ab
      Misha

      Eliminar