quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Um blog como recreio

Definitivamente afastado da meninice e ocupado em tarefas que, as mais das vezes, vedam aspirações a prazeres irreflexivos, eis que, de súbito, entram pelo ecrã raios de sol, navios piratas, farpas poéticas, telhados à lua...
Cativado pelo gozo que me dão aqueles instantes, que parecem ocultar convites à recreação e me deliciam com a sua boa graça, dou por mim a pensar em temas que me divertem, por mais desprovidos de valor intelectual que sejam.
Não ouso destinar este blog (que não quero definir por limites solenes, apesar da consciência de que não passa do que é), mera participação numa brincadeira de recreio. 

21 comentários:

  1. Ah, mas é tão bom ceder à vontade de brincar, caro Ente!

    Beijos e uma boa tarde. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Eu,
      Por isso aqui estamos, minha linda comparsa.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  2. 'Bora brincar, Outro Ente?
    Hoje é dia de "O rei manda". Quer ser o rei ou sou eu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha Rainha,
      Os seus desejos são ordens.
      (Ninguém quer que eu seja o rei. Sou demasiado mandão e tenho dificuldades sérias em despir-me do manto.)
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Está bem, sou eu o rei.
      O Rei manda... Ir fazer uma declaração de amor à dona Manuela (a contínua máxima com com mais bigode que o marido).

      Eliminar
    3. Olhe que eu aceito o desafio... Lembra-me quando fui praxado e... enfim, reminiscências.
      Logo, quando for buscar os miúdos ao Colégio. Depois conto.

      Eliminar
    4. Estou a pensar num verso. Daqueles profundos e belos. Qualquer coisa como "D. Manela, por si o meu coração palpita, que nem uma batata frita".
      Que tal?

      Eliminar
    5. Espero uma coisa bem inspirada é inspiradora, o bigode da D. Manuela merece (e talvez assim nos deixe correr para depois ver quem consegue deslizar até mais longe nos corredores que passa o dia a puxar o lustro com aquela máquina grande com discos de flanela)

      Eliminar
  3. Outro Ente!
    Que outra coisa que não um recreio nos poderiam ser os blogues?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida NM,
      A nós? Nada melhor.
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar
  4. Há outra condição? Que não seja brincar de verdade?

    Abraço, meu caro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro JM,
      Não sei se lhe responda a brincar, se a sério.
      Um abraço,
      Outro Ente.

      Eliminar
  5. Certa de que o meu caro não se importará que faça neste momento do seu blog confessionário, deixo-lhe um momento de confissão:
    Não há pessoas para mim menos interessantes do que as que se levam demasiado a sério.
    Não sou adepta da frase "já tens idade para ter juízo", quando com esta frase se está a confundir falta de maturidade com continuar a ter vontade de brincar vida fora.
    Sempre duvidei do valor intelectual de quem não tem sentido de humor e nunca brinca.
    Por mim, se lhe apetecer definir este blog como uma participação numa brincadeira de recreio, faça favor, (propositadamente retirei-lhe o "mera"). Diga-me se lhe parece bem: O meu blog é um recreio para adultos. Então, vão deixar-me a brincar sozinho?
    Prometo que sempre que me apetecer, venho brincar consigo. E prometo também que vou tentar, porque para isso falta-me talento, mas vou tentar, que quando lançar uma farpa ela me saia com poesia.
    E hoje, Outro Ente, só porque me apetece, a acompanhar os votos de boa tarde vai um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Cláudia Filipa,
      Parece-me bem. Embora, aquela coisa do "para adultos"... hum... está bem. E aquilo do "brincar sozinho"... ahhh... está bem.
      A menina a lançar farpas? Ah Ah Ah! que boa piada. Poética.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Que gracinha...
      (fez-me rir)

      Eliminar
  6. Que ousadia, Outro Ente. Ora vejamos como se sai, a minha curiosidade de criança deixa-me à espreita. Se bem que já lhe li algumas "brincadeiras" e não se saiu nada mal mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Be,
      Adoro desafios. Vejamos...
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  7. Caro Outro Ente,
    E que nos vamos encontrando por aqui no recreio para ir falando e brincando.
    De vez em quando deixo o meu coração ganhar e fico mais a princesa a ver desenhos animados e revejo alguns da minha infância e vejo outros novos que fazem uma criança sonhar e um pai embevecido a olhar para uma criança e a falar com ela sobre unicórnios, fadas e afins.
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Caro outro Ente,

    Se quiser também lhe posso lançar o desafio-entrevista. Já me pediram a segunda temporada. Para o que eu estava destinada, entrevistadora blogosferiana em modo brincadeira. É que não pagam bem nem nada... e engraxar o chão estraga-me as unhas todas. Oh well :))

    ResponderEliminar