quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Carta de Amor

Não basta que sejas berço e mãe e loba.
Não basta que sejas bela e Lisa e Bardot.
Não basta que tenhas fé e sejas deusa, nobre burguesa, Atena nossa.
Não basta que encantes e sejas Caballé e Callas, Loren e Ingrid.
Não basta que fales as línguas do arco-íris e sejas Höch e Claudel.
Não basta que sejas origem e modo, Dorothée e Woolf.
Não basta que jorres as águas e banhes os mares, sereia e Bath e esperança.
Não basta que sejas dogma e manifesto.
Não basta que sejas utopia e Beauvoir, Florença e Lauterbrunnen.
Não basta que sejas testemunha marginal, atriz e Gioconda.
Não basta que sejas vinho, pão, pedra, Montmartre e Fontana.
Não basta que sejas manta de desirmanados.
Não basta que sejas sonho.



11 comentários:

  1. Tão bom isto, Outro Ente, mesmo. O segundo pedaço de maravilha que acabo de ler. Vou partilhar consigo o primeiro, li no Xilre, uma única palavra, "coleciono-te", achei que dificilmente poderia haver palavra mais bem escolhida. E agora este seu texto. As musas inspiradoras de alguns de vós, devem ser qualquer coisa de jeito. Uns com tanto e outros com tão pouco, c,est vraiment trop injuste.
    Boa tarde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Cláudia,
      À musa Europa, falta a União. No meio de tanto bem, tão grande mal.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Outro Ente, eu que quero chegar a velhinha gaiteira, ou então, tal e qual a Miss Marple e para além disso, ainda crente em contos de fadas, não consigo acreditar nessa União. Tantas vezes é tão difícil que só duas pessoas se entendam, quanto mais tantos países, tanta gente, tanta maneira de ser diferente, sim, há uma base de valores comum, mas. Nós pessoas, somos peritos em complicar. E temos muitos defeitos (eu pelo menos tenho), muitas vezes, os mesmos que apontamos aos outros.

      Eliminar
    3. Pedindo desde já desculpa por abusar da generosidade do nosso anfitrião, gostaria de deixar uma nota de agradecimento pelas amáveis palavras, acima.

      Uma óptima noite.

      Eliminar
    4. (essas palavras, são apenas verdade)
      Chego já tarde. Por outro lado, nunca é tarde para desejar uma óptima noite.
      Uma óptima noite para si, Xilre, também para o nosso anfitrião.

      Eliminar
  2. Fosse uma. Fosse tecida com mãos sábias e não com razões que se não entendem.

    Beijos, caro Ente. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Eu,
      Um dia será una.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  3. Ficam gravadas as suas palavras, no coração. Tão bom!

    ResponderEliminar
  4. Não basta que sejas um modelo de virtudes — quero-te com todos os teus defeitos, assumida, una, unificada, e, só assim, íntegra e capaz.
    Beijos, Outro Ente.
    Um dia feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Linda Blue,
      O defeito, no meio de virtudes. Se ao menos não fosse tão grave...
      Boa tarde,
      Outro Ente.

      Eliminar