sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Nem adivinho o que lhe saiu na rifa

Conheço o Mendonça Correia, vai para 30 anos. Dono de uma cultura livresca fenomenal, de um sentido de humor genial e absolutamente alheio ao senso comum. Com ele conheci o casino da Póvoa e os Alonso Menendez, discuti Engels e duvidei de Nietzsche, vivi uma aventura em Salamanca e conduzi um Aston Martin, fiz uma tirada até Andorra e passei férias num barco em Henley-on-Thames. O Mendonça Correia sempre disse que, se tivesse de trabalhar, seria funcionário público, por não haver mais nobre função do que a de servir o interesse geral; e que, se tivesse um filho, o chamaria Bruno, para que fosse um cidadão do mundo e o seu nome soasse igual em qualquer parte. Ao despedir-se de um grupo heterogéneo, seja depois de um jantar ou no final de um email, é invariável com "beijos nas damas e abraços nos valetes".
A perfeição deste meu amigo só é beliscada pela sua fraqueza perante as mulheres. Sempre que se apaixona, Mendonça Correia muda de figura. Assim, era vê-lo de sobretudo preto e camisola de gola alta quando estava com a outra professora; de botas timberland e mochila às costas quando vivia com a instrutora de ioga; de camisa aos quadrados na altura da vereadora; de máquina fotográfica em punho na época da arquiteta; de fato e gravata no tempo da juiz.
Hoje, vi-o de cabelo comprido, camisa rosa e calções...

27 comentários:

  1. Uma fashion blogger :)
    Beijo,
    Linda Blue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Linda Blue,
      Nesse caso, terei de os convidar para jantar, em breve. Sempre quis ver uma "ao vivo".
      Bom dia,
      Outro Ente.

      Eliminar
  2. Na fase de 'peace, love and hapiness'.
    Ah como adoro gente versátil. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Semedo,
      Eu pensei numa surfista, mas ele já não tem idade para essas coisas. Talvez tenha razão e seja uma hippie.
      O engraçado é que a versatilidade na apresentação não belisca o resto.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=UuYJGEkm44Q

      Eliminar
    2. Que maravilha, Outro Ente. :)
      Bom fim de semana.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Talvez querida Maria Eu.
      A juventude dele sempre foi muito ruidosa. Há 30 anos que o é. (Há questões que torcemos para que o tempo não mude.)
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  5. Em Roma sê Romano.
    Depois vá dando novidades do Mendonça Correia, estou a adorar a novela.
    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Urso Misha,
      Acho que Mendonça Correia tem levado esse provérbio, se não à letra, ao traje.
      Um abraço,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Albarda-se o burro à vontade do dono.

      Eliminar
  6. Ena, imaginava-o (ao Mendonça Correia) mais obtuso. :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mirone,
      Muito grato pelo parêntesis.
      Bom dia,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Era desnecessário, bem sabemos, mas é sabe que me faltam as forças (eu diria a vontade, enfim) para combater esta minha tendência para o básico.

      Eliminar
  7. Desde que o interior se mantenha, ele há pequenas mudanças que não custam nada ao amor.
    (Uma "runner"?)
    Bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mais Picante,
      Não sei nada do "interior", embora não me pareça que tenha engordado.
      (Isso é que era bom. Alguém com estaleca para passear a Hara.)
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  8. Boho-chic na melhor das hipóteses; na pior...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Teresa Borges do Canto,
      Nesse caso, espero que sejam eles a convidar-me. Afinal, na melhor das hipóteses vou até Soho; na pior, até Manhattan... o que não é assim tão mau.
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar
  9. Já tinha lido este post. No Tio Pipoco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      O Mendonça Correia é muito popular. Talvez também conheça o Pipoco. Ou terá sido um caso de copy&post?
      Cumprimentos,
      Outro Ente.

      Eliminar
  10. Pela descrição, acho que o vi hoje na praia, deitado de barriga para baixo, a cobrir de beijos um rosto que não consegui identificar, pois estava coberto pelos seus longos cabelos. No guarda-sol esvoaçava uma camisa rosa.

    Um beijinho, querido Outro Ente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que boa continuação, querida Miss Smile.
      Bom dia,
      Outro Ente.

      Eliminar
  11. Caro Outro Ente,
    Vou ser peremtória: está visto que Mendonça Correia é uma pessoa singular, um ser camaleónico. Que sorte usufruir assim de uma amizade que dura há três décadas.
    Boa noite.
    Bom fim de semana.
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mia,
      A amizade é um dom. Tenho sorte, tem razão.
      Um beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
  12. Não acredito...isto não pode estar a acontecer...então é o Outro Ente, o grande amigo de quem o meu querido Mendonça tanto fala ...
    (eu estou convencida que isto teve muita graça, agora veja lá, que eu não quero nada levar outro raspanete, mesmo assim à beira do fim de semana).
    Este comentário, é também um aperto de mão. Aproveito para lhe desejar um bom fim de semana e uma vez que já li o post seguinte, espero que se divirta no seu carnaval.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Cláudia,
      A menina tem sempre graça e eu não sou pessoa de dar raspanetes. (Pensando bem, sou demasiado egoísta para dar o que quer que seja.) Isso de fazer beicinho quando julga que a conversa não lhe corre de feição é... digamos... muito feminino. (Eu hoje estou simpático.)
      Beijo-lhe a mão. (Isto não costumo fazer.)
      Bom dia,
      Outro Ente.

      Eliminar