quarta-feira, 8 de abril de 2015

Declaração de Princípios

1 - O Outro Ente é um heterónimo.
2 - O Outro Ente lê o que o ortónimo lê.
3 - O Outro Ente ouve o que o ortónimo ouve.
4 - O Outro Ente vai onde o ortónimo vai.
5 - O Outro Ente possui o que o ortónimo possui.
6 - No mais, voltar a 1.

Posto isto, informo que possuo um Lamborghini.

24 comentários:

  1. Na volta a 1 : não me diga que é roxo ? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro JM,
      É cinzento. Faz umas voltas...
      Abraço,
      Outro Ente.

      Eliminar
  2. Vou só ali rir-me sem que ninguém veja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas, não acredita em mim?
      Ainda por cima, com uma coisa sagrada a anteceder como é a declaração de princípios?

      Eliminar
    2. Acredito, pois. Por isso é que vou ali para um cantinho, onde ninguém me veja. Quando estiver mais tranquila venho aqui dizer coisas bonitas.

      Eliminar
    3. (E o meu beijo? É que a pessoa habitua-se...)

      Eliminar
    4. Querida Mirone,
      Vejo que zomba. A sua falta de confiança fere.
      Reitero tudo o que disse.
      Acrescento que lhe pegarei ao colo para a levar no meu Lamborghini cinzento-cor-de-rato.
      Aguardo pelas coisas bonitas, mas o beijo é seu.
      Beijo,
      Outro Ente.

      Eliminar
    5. Não faça isso, imploro. Abrir a porta está muito bem, deixe-se lá de malabarismos.
      (o meu primeiro carro, mesmo meu, era uma espécie cinzento cor de rato, mas acho que no catálogo vinha como oyster silver)

      Eliminar
    6. Querida Mirone,
      Acho que não está a imaginar bem a coisa... acha mesmo que eu preciso de abrir a porta do meu Lamborghini? Já percebi que é como Tomé.
      Boa noite,
      Outro Ente.

      Eliminar
    7. Evidentemente, pois se me carrega ao colo terá de ter quem lhe abra a porta.
      Ou pensa "despejar-me" no cabrio? É que sendo assim, em vez de me rir, vou ali chorar, onde ninguém me veja.

      Eliminar
    8. (Chamou Lamborghini a um cavalo? Um burro?)

      Eliminar
    9. Mirone de pouca fé, não penso nem fiz aquilo de que me acusa.
      Durma bem,
      Outro Ente.

      Eliminar
  3. E também viu o documentário na RTP2, ontem, o heterónimo?

    Boa noite, caro Ente. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Maria Eu,
      Não vi. Sei que deu e com quem deu. Mas... não gostamos todos do amarelo.
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar
  4. Prefiro os Aston Martin, sempre do contra eu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Mais Picante,
      Eu tenho um Lamborghini. Não um Aston Martin.
      Bem sabe que uma declaração de princípios é sagrada.
      Se o visse, fazia como as outras, pedia-me para dar uma voltinha.
      Não diga que também precisa de ver para crer...
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar
    2. Esse é Tomé.
      (garanto-lhe que não pediria, não sou como as outras, jamais faria um pedido desses, mesmo que quisesse muito, e eu prefiro os aston, não sei se já disse)

      Eliminar
    3. Aha, eu sabia que queria muito.
      Se visse o meu Lamborghini, mudaria de opinião.
      (Eu não sei como são as outras, só sei o que, confrontadas com o meu Lamborghini, fazem.)
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar
  5. Não gosto de homens que usam Lamborghinis cor de rato. São quase sempre carecas.
    É o caso?
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Uva Passa,
      Muito engraçada. Espere só um pouco, que me esqueci de rir...
      Linda escreveu num post que ela é a que tem o cabelo mais bonito. Eu também, mutatis mutandis, evidentemente.
      E também sou o dos olhos lindos.
      Quando vir o meu Lamborghini passará a gostar muito de homens que conduzem Lamborghinis. Acho mesmo que se abrirá todo um novo mundo.
      Boa noite,
      Outro Ente.

      Eliminar
  6. O Lamborghini está ali só para baralhar...e não me parece.
    Heterónimo...hummm...marco antes a aposta com X.
    Não, Outro Ente!? :D

    ResponderEliminar
  7. Querida Té,
    Na verdade, o Lamborghini está ali para marcar posição.
    Este que escreve pode ser um fingidor, "finge tão completamente, que chega a fingir que é dor, a dor que deveras sente", mas não será um mentiroso.
    Beijos,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Té,
      Fernando Pessoa é um poeta excelso.
      Beijos,
      Outro Ente.

      Eliminar